sábado, 29 de novembro de 2014

De dentro.


Não sei ser pequena, na verdade, nunca gostei de miudezas. Nunca gostei de nada raso e nem morno. Estou  melhorando meus capítulos, minha estrada. Jogando fora o que não cabe mais. Abandonando a tristeza, o medo. Aceitando meus erros, me reescrevendo. Me reinventando. Me transformando na melhor edição feita por mim.

Juliane Rodrigues

2 comentários:

  1. E como você bem titulou, é de dentro que essa transformação acontece. Beijo

    ResponderExcluir